Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência.

#Compartilhe

Desde o início do GitHub Pages, ela sempre ofereceu suporte para “custom domain” de seus repositórios, entretanto a plataforma só oferecia suporte HTTPS para os subdominios .github.io, isso de fato mudou e agora é possível ativar SSL/HTTPS em domínios personalizados, sem a necessidade de uma serviço de terceiros, inclusive já postamos no Inside Block antes de como ativar o HTTPS usando o CloudFlare.

O serviço de HTTPS do GitHub Pages, tem suas vantagens, incluindo CDN própria que acelera o carregamento da página, além de ser totalmente compatível com as aplicações suportada pela plataforma.

Atenção: Este é um processo demorado, muitas das vezes o site pode ficar fora do ar por 24 horas, tempo necessário para que o DNS se propague pela internet.

Vamos começar pela propagação do DNS, quanto antes terminamos esta etapa melhor. Acesse o serviço contratado para registrar o domínio personalizado, procure pelas configurações de DNS, remova todos as entrada do tipo A que corresponde ao GitHub.

Exemplo: 199.27.XX.XXX.

Crie quatro novas entradas do tipo A, com os seguintes endereço de IP.

> 185.199.108.153
> 185.199.109.153
> 185.199.110.153
> 185.199.111.153

Agora acesse sua conta do GitHub, abra as configurações do repositório que vai receber o HTTPS, na seção GitHub Pages, em “Source” deixe selecionado “master branch”, adicione o seu o domínio personalizado na caixa “Custom domain”, salve a aplicação e aguarde a página ser atualizada.

Volte para a seção “GitHub Pages”, marque a opção “Enforce HTTPS”, caso o DNS ainda tenha se propagado esta opção vai ficar disponivel porem não vai ser possível selecioná-la para ativação.

OBS: Se o seu domínio for do tipo “.com.br”, o HTTPS só funciona se tiver a entrada de subdomínio com “www”.

Exemplo: www.example.com.br

Bom, por enquanto é só, se durante este tempo o seu site ainda não voltou a funcionar, recomendo que aguarde mais um pouco para finalizar a propagação de DNS.

Em breve vamos ver, como migrar um site do GitHub Pages para o Netlify sem perder nenhum dados, e ainda manter o HTTPS ativo no custom domain.

Conclusão

Bom pessoal, nosso post de hoje foi isso, espero que todos vocês tenham gostado do conteúdo, qualquer dúvida é deixar nos comentários, não esqueça de compartilhar nas redes sociais.


#Compartilhe